Vocacional Oblata: Abril 2012

terça-feira, 24 de abril de 2012

Páscoa em Nazaré - Por Jéssicalene



Celebrando a ressurreição de Jesus, as Irmãs e Marias da Comunidade Nazaré, juntamente com @s funcionári@s, se reuniram num momento festivo na tarde do dia 13 
de abril.

Irmã Beatriz iniciou, falando um pouco sobre o sentido da Páscoa em nossa vida e convidou aquel@s que quisessem para partilhar o que é Páscoa. Foi um momento bonito onde expomos todos os sentimentos mais verdadeiros para revelar o sentido tão belo desta grande comemoração: a “Páscoa”. Continuamos muito alegres com músicas e brincadeiras. 

Uma delas foi o “coelhinho surpresa”, onde dentro dele tinham várias atividades como, por exemplo, pular, contar piadas, dar um abraço ou um beijo em seu amigo do lado, dançar, imitar um animal entre tantas outras que nos fizeram ser como crianças de novo. Só que não parou por aí, não! Logo em seguida começou a “caça ao tesouro”. Eram coelhos com chocolates onde estava escrito o nosso nome e que cada uma/um precisava procurar em algum lugar da casa. 

Para facilitar a busca, os coelhos foram escondidos nos locais onde nós estamos mais presentes na comunidade e foi mais uma vez um momento de muita alegria onde tod@s nós estávamos ansiosíssimas para encontrá-los.



Para finalizar esta festa tão bonita, ouvimos uma breve mensagem de Páscoa com um sentido enorme para cada uma/um de nós, pois não foi apenas uma festa onde estão tod@s reunid@s, mas sim a partilha do amor, da alegria, do cuidado para com a irmã/o irmão, da fraternidade entre nós, ou seja, o verdadeiro sentido da Páscoa estava, com toda certeza, presente no coração de cada uma/um de nós.


E como não poderia deixar de ser, para encerrar com chave de ouro, um lanche delicioso, saudável e nutritivo.


“Aquele que buscamos está vivo, RESSUSCITOU”!
ALELUIA!!

Sentimentos e lembranças da Semana Santa -Por Ana Paula Assis


“Este ano fui para a missão no Norte de Minas, diocese de Almenara. Em uma comunidade rural intitulada com o nome de “Para Terra”.

Vivi momentos de partilhas e espiritualidade, próprias de todo ritual da Semana Santa, também tive encontro com as crianças, os jovens e os casais. Uma comunidade muito bonita, com traços muito presentes das primeiras comunidades cristãs.

Um povo alegre que embora sofra com as duras realidades de um poder público, e de uma sociedade apática, encontra coragem na fé e na esperança para um novo tempo que está começando.

Fica marcada a resistência dessa gente, o carinho com que nos acolheu e a entrega que foi acontecendo ao longo da semana.”

- Ana Paula Assis.

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Sentimentos e lembranças da Semana Santa -Por Evelyn Caroline

                                 
"Este ano meus pés partiram em missão a um acampamento do MST (movimento dos trabalhadores rurais sem terra). Localizado na cidade de Felisburgo norte de Minas Gerais. Acampamento com o título TERRA PROMETIDA, terra de tendas de estacas que se fincam por justiça, por igualdade. Terra de vidas ameaçadas pelos poderosos e por vezes tombadas. Terra onde Deus arma sua tenda e se revela.

É preciso deixar as amarras do pré-conceito, desatar as sandálias dos pés para adentrar ao solo sagrado regado com sangue dos mártires de nossos tempos. Solo do povo simples, sofrido e lutador que a cada dia rega a terra com suas esperanças na igualdade e liberdade. Somos convidadas a tomar a inchada pelas mãos e capinar o silêncio e o medo da luta, calejar as mãos para selar o compromisso solidário de anúncio a vida e denúncia da morte e opressão.
Experiência do Deus camponês que planta, aduba, rega, colhe e presenteia. Deus que desce morre e ressuscita, chora com quem chora demais, semeia luz e liberdade e vai regando o acampamento de paz. Voltando para casa bendizendo a ressurreição de Deus no povo, cantarolando que o arroz deu cacho e o feijão floriô que o milho esta na palha e o coração cheio de AMOR."
- Evelyn Caroline

Sentimentos e lembranças da Semana Santa - Por Priscilla Fernandes

“Experiência de Deus e com Deus. Foi uma Semana Santa muito vivencial, renovadora e transformadora. É uma fé linda deste povo, e como eles confiam e acreditam em nós. Pois partilharam situações tão intimas de suas vidas com um ser até então desconhecido, e com alguns minutos de conversa, já nos tornamos íntimos. Onde já conversamos, brincamos com as crianças, ouvimos a experiência de vida, e que experiência.

Experiência esta que me questionou, me inquietou, que me fez ver a vida com um novo olhar. E foi no olhar....no olhar de cada um pude ver Cristo, em alguns casos um Cristo tão sofrido, judiado, maltratado que dava vontade de chorar, mas com uma alegria, uma esperança, uma fé, uma acolhida tão fervorosa, tão cheia de Deus, que me emocionava e aquecia o coração.

Nesta experiência um pouco de cada um veio comigo, cada rosto, história, cada vida e também deixo um pedaço de mim com eles. Foi uma experiência única, onde pude morrer com o Cristo, mas ter a alegria e a certeza de ter Ressuscitado com ELE.” 
- Priscilla Fernandes

                  

Sentimentos e lembranças da Semana Santa - Por Luiza Pralon

 
Postulante Luiza Pralon

"Foi uma experiência muito rica, onde pude ter a oportunidade de viver  a Ressurreição e o Cristo Ressuscitado dentro de cada pessoa, seja jovem, adulto, criança ou idoso.


Pude perceber o quanto é divina esta dinâmica de doar-se entregar-se por inteira, sem reservas, realmente aterrizar e pisar naquele solo com tantos “solos Sagrados”, disponíveis, abertas e tão fecundas de vida.

Não foram encontros de superfícies rasas, frias e sem vida. Foram encontros de coração na Busca por Aquele Um-Três que nos une e nos faz um com Eles também."  - Luiza Pralon
                                                                                                                           


Mensagens de Páscoa

Nesta linda festa da Igreja Católica, nossas Irmãs Oblatas 
espalhadas pelo mundo nos enviam mensagens de Feliz Páscoa!


BENDICIÓN PASCUAL

El Alba nos convoca hoy a disfrutar de un Nuevo Amanecer.
Se asomaba el día, cuando las mujeres se dirigían al sepulcro con los más sentidos y preciados perfumes. La mañana estaba en calma, y se oían los ecos del silencio: ¡El Amor nunca muere. Siempre está vivo, y conmigo viene!. Allí, en la tumba, se iluminó una certeza, se experimentó una Presencia: Jesús ya no está en el sepulcro de piedra. Se encuentra en los Templos Vivientes, en la buena gente, en las manos honradas, en la paz y la alegría, en la justicia y lealtad, en los nombres que amamos, en los ojos que nos aman.

Contemplemos por unos instantes la naturaleza. Observemos sus brotes. Es Domingo de Luna llena de PRIMAVERA. Es el Paso de Dios.
Las flores se abren a la vida, los árboles se cubren de hojas, los campos nos regalan su armonía. ¡Despertemos a la vida!. Somos la Primavera del Espíritu que nos hace cantar Himnos de gozo y alegría. La Pascua de las Flores. Todo es perfume y Belleza. Flor y espiga, pan caliente y vino generoso, sol y brazos abiertos. Estrellas del Sol Resucitado que iluminan la noche oscura de nuestro mundo.

Disfrutemos cada día de vida nueva. Estrenemos vida a cada instante.
Esta es la Hora y el mejor Momento. Recuperemos la risa, persigamos nuestros sueños. Celebremos la vida que viene de los cielos. Todo está Cristificado.
Vivamos la Bendición de Ser Familia, Comunidad. Somos Bendición unos para otros. Por ser amig@s, por ser herman@s, por tener casa y familia, por los niños que sonríen, jóvenes que buscan, padres que cuidan. Por las personas que llevamos en el corazón. Por la Bondad Divina que nos habita.
Por todo, te damos gracias Señor. Y cuenta con nosotr@s, para que pueda brotar la primavera espiritual en nuestro mundo.

En nombre de las mujeres del Evangelio, en nombre de las mujeres de la tierra, y desde la Galilea de nuestros días, resucitemos hoy las palabras proféticas de Pablo VI en la Clausura del Concilio Vaticano II.: Ha llegado la Hora de la Mujer: Resucitada y Resucitadora. Narremos con ella el Quinto Evangelio, el que nos toca narrar con la vida, a ti y a mi, desde lo más sencillo y cotidiano de nuestro diario vivir.

Feliz Pascua de Resurrección!
Hermana Justa del sol Hernando - Espanha






A experiência da Semana Santa para Irmã Trindade


"A Semana Santa para mim, foi voltar meus olhos e todo meu ser ao sofrimento de Jesus. 

Foi uma semana, onde fui impulsionada a meditar em profundidade o que Jesus sofreu para salvar a todos nós.

Jesus, o cordeiro imolado silenciosamente, me ensina que como Oblata, tenho que imitá-lo no silêncio e na humildade. 

Aproximando-me cada vez mais a esse Jesus crucificado, implorando na sua imensa misericórdia pelas mulheres, para que nunca lhes falte a paz no coração e a sabedoria, de um dia bem próximo, mudarem de vida.

Não somente na Semana Santa, lembrar das mulheres, mas elas tem que receber o alimento espiritual por meio de nossa oração permanente e fraterna."


Ir Trindade Vicente Urra.

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Semana Santa na Comunidade Nazaré - por Ir Gregrória



“Uma das características da Comunidade Nazaré é espalhar pelos largos corredores da casa os símbolos referentes às comemorações, o que nos ajudaram também nessa Semana Santa, quando o clima foi de vivência do mistério da redenção compenetradas do excessivo amor de Deus pela Humanidade.

QUARTA-FEIRA SANTA - Foi nosso dia de retiro junto com as Marias (leigas). 
Iniciamos com a orientação de Irmã Beatriz sugerindo que durante a manhã, a reflexão e oração fossem referentes à Eucaristia, e na parte da tarde dirigida ao Calvário. Concluímos às 16:30h na capela, completando o retiro com Leitura Orante e partilha, despertando o desejo de colaborar para a redenção.

QUINTA-FEIRA SANTA - A missa do Lava-pés, foi antecipada para as 7 da manhã, pois algumas Irmãs e Marias (leigas) não têm condições para sair. Celebrada pelo Pe. Francisco a manhã começou com amor e a solenidade própria do dia. No final da tarde, a Ceia Festiva com as Irmãs, Marias, enfermeiras e contando também com a presença da grande amiga paulista Cristiane, que veio viver o Tríduo Pascal conosco. Tivemos uma demonstração da prática de como se ama! Em seguida as que puderam foram participar da celebração na Paróquia dos Sagrados Corações.


SEXTA-FEIRA SANTA - A oração da manhã foi o preparo para passar o dia em santo recolhimento, acompanhando o sofrimento do Divino Redentor. A celebração da Paixão foi participada na Paróquia dos Sagrados Corações. As que ficaram em casa tiveram a consolação de participar da celebração do Santo Padre no Vaticano e no final do dia a Via-Sacra diretamente de Jerusalém através da TV.


SÁBADO SANTO - Pela manhã de clima ainda de silêncio, acompanhando a solidão e a dor de nossa amada Mãe Maria. À noite quem pode, participou da Vigília Pascal na Paróquia dos Sagrados Corações. Tivemos a alegria de contar com Irmã Ivoni que havia terminado o seu retiro anual nesta tarde.


DOMINGO DE PÁSCOA - Com a alegria da Ressurreição, as felicitações e a saída para celebração da Páscoa com o coração cheio de amor e de agradecimento para nosso Redentor que nos acompanha no nosso dia-a-dia, dando-se a nós em alimento, continuando a prova do seu infinito amor e também dando-nos oportunidade de corresponder-lhe pessoalmente pela Sagrada Comunhão.”







Ir. Gregória Agorreta / Comunidade Nazaré / RJ.

Ir. Alejandra conta sua experiência de Semana Santa em Salvador


“Páscoa! Passo, transição, renovação, vida nova!

Esta foi a minha primeira Semana Santa na comunidade Nossa Sra de Guadalupe em Salvador junto às Irmãs Pilar, Leonira e Idolina. Uma nova possibilidade de fazer uma profunda experiência desta realidade que viveu Jesus, o nosso Redentor - a Vida com maiúsculas, o “passo” da morte a Vida, das trevas à Luz...

Jesus entregou sua vida e nos deixou testemunho de como nós, discípulas seguidoras suas temos que caminhar. Serviço, amor, respeito, escuta, abertura, aceitação incondicional da pessoa das/os irmãs/os é o legado que Jesus nos deixou na última ceia quando se abaixou para lavar os pés de seus amigos. Todos, ingredientes da mesa gostosa de comunhão, desta comunidade nova onde vamos, como os discípulos e discípulas de Emaús, partilhando junto a Jesus nossas buscas, alegrias e também tristezas. O que somos e temos.

As mulheres no projeto são também companheiras nesta caminhada. Com elas celebramos os mesmos gestos de Jesus: lavar os pés, partilhar o pão e o fruto de videira, colocar as próprias cruzes na Cruz do Mestre, celebrar que Ele está Vivo no meio de nos!

Junto ao povo fiel, fervoroso e crente de Salvador partilhamos também a festa da comunidade eclesial, celebrando os ofícios da Grande Festa da Ressurreição. A grande fé que nos une num só povo e nos faz irmãos capazes de, além das diferenças, partilhar o abraço da paz e a alegria que nos dá o nosso Deus Vivo.
Linda Semana Santa! Nova, desafiante, acolhedora, comprometida...

Que Jesus que venha trazer-nos Vida e Vida em plenitude (Jo 10,10) nos impulsione a ser sinais de esperança, alegria e união no meio das nossas realidades cotidianas.

Feliz Páscoa de Ressurreição para todos/as!”
Ir. Alejandra


Semana Santa na Comunidade Nossa Senhora Aparecida

Junto com todo o povo católico, as Irmãs Oblatas também vivenciam a Semana Santa, e de maneira intensa, o tríduo Pascal. Irmã Roseli nos relata esta experiência.

"HOSANA AO FILHO DE DAVI!"

Iniciamos a semana santa participando no Domingo da celebração de Ramos, na comunidade São Benedito das Vitórias. Conhecida como Domingo de ramos, a missa deste dia começa com a proclamação do Evangelho, com a benção e a profissão dos ramos. A partir desta, todo o povo Católico se interioriza e se prepara para vivenciar junto com Jesus seu sofrimento, que continua com a via- sacra.  Na terça-feira participamos de uma pelas ruas do bairro de viola formosa.
Na quarta feira, fomos na celebração penitencial na comunidade São Benedito, onde após a reflexão da palavra, pedimos perdão pelos nossos pecados através do gesto de queimar os nossos erros, escritos num papel, e na frente do Santíssimo recebemos a benção e o perdão dos pecados.

"FIZ ISTO PARA QUE FAÇAIS A MESMA COISA."
Na quinta feira santa, vivemos os últimos momentos de Jesus com os discípulos que é a missa de lava pés. Na nossa casa começamos o tríduo pascal com um dia de retiro comunitário, onde rezamos e fizemos memória da instituição da Eucaristia e o serviço ao próximo, expressado no lava-pés, realizado por Jesus.
Foi um dia de oração e silêncio. À noite, participamos da celebração e após da vigília de oração, adoração, comunhão e solidariedade com Jesus em agonia no Horto das Oliveiras, na paróquia São Benedito das Vitórias. A primeira hora da adoração foi coordenada pela Ir. Josefina.
                                                  

 "AMOU-NOS ATÉ O FIM!"
Iniciamos a sexta feira santa com o oficio da manhã, onde fizemos memória dos sofrimentos e da cruz de Jesus, e dos sofrimentos e da cruzes vividas por nossos irmãos mais excluídos hoje. No período da tarde, Ir. Josefina foi para o presídio Capital, onde participou da via sacra com as presidiárias. Eu, (Ir. Roseli) e Ir Florinda participamos da cerimônia da Paixão do Senhor na Paróquia são Vicente de Palotti. 
À noite fui ao santuário Nossa Senhora do Sagrado Coração para participar da encenação da paixão e da procissão, e outras irmãs foram na “procissão do enterro de Jesus” na Igreja São Benedito.


"SÁBADO DE ALELUIA"

Fomos participar da vigília Pascal, na paróquia São Benedito. Esta celebração é muito significativa, pois, renovamos o nosso batismo.
Com a benção do fogo novo, círio pascal é aceso pelo celebrante que entra na Igreja entoando “eis a luz de Cristo” por 3 vezes. Em seguida proclama o Exulte que é anúncio da Ressurreição. A missa continua com cinco leituras, e a proclamação do evangelho, onde louvamos e glorificamos a Redenção de Jesus, encerrando a missa desejamos uns aos outros uma Feliz Páscoa!  






  "DOMINGO DE PÁSCOA!"
Cristo Ressuscitou! Aleluia! e com a Celebração Eucarística, começamos o domingo em ação de graças pela  Ressurreição do Senhor. Continuando este momento de alegria, nos juntamos às irmãs da comunidade Betânia e às três irmãs da comunidade N. Sra. Perpétuo Socorro, para partilhamos um delicioso almoço seguido de uma confraternização com a troca de presentes.
    

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Feliz Páscoa!


Nós do Serviço de Animação Vocacional, desejamos aos nossos leitores 
e amig@s uma abençoada Semana Santa e uma Feliz Páscoa!



terça-feira, 3 de abril de 2012

Rede um Grito pela Vida em Campinas - SP



No último dia 31 de março, irmã Roseli esteve reunida com 41 religiosas e religiosos membros do núcleo da CRB de Campinas – SP, refletindo sobre o tráfico de pessoas, e apresentando a Rede um Grito pela Vida.



Postulantes em missão


As Postulantes Oblatas juntamente com formand@s, Religos@s, Padres e leig@s, participarão de 30 de março a 8 de abril da missão da semana santa Intercongregacional organizada pela CRB de Minas Gerais.

As jovens Luiza e Priscila ficarão em Franciscópolis Monte Bananal e Almeida, comunidades rurais da região de Teófilo Otoni, que receberão a missão pela primeira vez; já Paulinha e  Evelyn, estarão em  Felizburgo, área rural, sendo este o terceiro ano de missão na região.  
     

                          

 Missão  (Dom Helder Câmara)

Missão é partir, caminhar, deixar tudo,
sair de si, quebrar a crosta do egoísmo
que nos fecha no nosso Eu.
É parar de dar volta ao redor de nós mesmos
como se fôssemos o centro do mundo e da vida.
É não se deixar bloquear nos problemas
do pequeno mundo a que pertencemos:
a humanidade é maior.
Missão é partir, mas não devorar quilômetros.
É, sobretudo, abrir-se aos outros como irmãos, 
descobri-los e encontrá-los.
E, se para encontrá-los e amá-los é preciso
atravessar os mares e voar lá nos céus,
então Missão é partir até os confins do mundo.









segunda-feira, 2 de abril de 2012

Ir. Roseli partilha sua viagem de promoção vocacional


"No dia 23 de março saí de São Paulo em viagem para duas cidades do interior da Bahia, para conhecer duas jovens que fazem o acompanhamento no SAV.

Depois de vinte e três horas de viagem, cheguei à Caetité, cidade do interior da Bahia, para pegar outro ônibus com o destino para Tanque Novo.
Jovem Lucinéia e seus pais


Após duas horas de viagem, cheguei a Tanque Novo e de lá fui para a comunidade rural São José, onde mora a jovem Lucinéia Azevedo. Convivi dois dias com ela, sua família e vizinhos; conheci um pouco do dia-a-dia da jovem, a beleza do local e também tive a oportunidade de participar na via sacra em sua comunidade.

Ir Roseli e Cristiane
Dione e Ir Roseli

No terceiro dia de viagem, me despedi da família Azevedo e segui mais 9 horas de ônibus para Ibicuí, cidade do sul da Bahia, para conhecer a jovem Cristiane Lopes.

Nesta visita conheci alguns familiares da mesma, a pequena cidade, a igreja matriz e a capela onde Cristiane é ministra da Eucaristia .


Vivenciei uma bonita experiência nestas realidades e foi muito bom ter esse contato que fortalece os laços e o processo vocacional. 



Irmãs da comunidade Nsa Sra de Guadalupe


Finalizando esta viagem vocacional, regressei para Salvador onde convivi com nossas irmãs da comunidade Nossa Senhora de Guadalupe e finalmente voltei a São Paulo."