Vocacional Oblata: Dezembro 2011

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Feliz 2012


A equipe do Blog Oblatas deseja a todos os amigos e leitores 
um Feliz e Santo Natal e que 2012 seja um ano de Paz, 
Alegrias e Sucessos.



Estaremos de Recesso até dia 09/01/2012!

A partir do dia 10/01/2012 voltaremos com mais novidades, notícias das Irmãs e Comunidades Oblatas do Brasil.

Mas, nas suas férias acesse e deixe seu recado:

www.oblatas.org.br
www.vocacionaloblatas.org.br
http://blogoblatasbrasil.blogspot.com/

Um grande e fraterno abraço!

E ano que vem a gente se encontra aqui!!!

Eq. SAV Oblatas



Avaliação da Pastoral Vocacional Oblata

A semana de 12 a 16 de dezembro foi muito importante para a Pastoral Vocacional Oblata, pois, tivemos a reunião de Avaliação que aconteceu na Comunidade Nazaré - Rio de Janeiro.
Foi uma reunião produtiva e quente com o calor da cidade do Rio. A equipe da PJVO; Irmãs Beatriz, Maria Helena, Roseli e a funcionária Paula avaliaram o desempenho, acertos, erros e coisas a melhorar no trabalho do Serviço de Animação vocacional.

Uma novidade para 2012 é que o trabalho desenvolvido ao invés de se chamar PJVO- Pastoral Juvenil Vocacional Oblata, (como de costume) – mudará para SAV Oblatas- Serviço de Animação Vocacional Oblata.

Aproveitamos a estadia na cidade Maravilhosa para a funcionária Paula Araujo conhecer um pouco as belezas do Rio de Janeiro, acompanhadas pelas formandas Luiza e Priscilla que foram as guias turísticas. 

Formandas e Paula indo para o RJ
Paula, Irmãs Roseli e Beatriz
Muito trabalho !!
Irmã Roseli, Paula e Priscilla visitando a árvore
 de natal da lagoa Rodrigo de Freitas

Comunidade Nossa Senhora Aparecida encerra suas Atividades

Irmãs e funcionárias da Comunidade Provincial Nsa Sra Aparecida comemoraram ontem mais um ano de muito trabalho e dedicação. Celebramos e refletimos a gravidez de Maria e a chegada do menino Jesus, depositando neles todos os nossos sonhos e expectativas para o novo ano que se aproxima.

Após confraternizamos com um saboroso almoço, feito pela Marluce, acompanhado de muitas risadas, histórias e votos que 2012 seja um ano de bênçãos e vitórias para todos!

Irmãs e funcionárias da  Comunidade
Nsa Sra Aparecida



Convivência das formandas em SP

De 07 a 12 de Dezembro de 2011, aconteceu a convivência das formandas e formadoras do Aspirantado e Postulantado de Belo Horizonte com as Comunidades das Irmãs Oblatas de São Paulo.
As formandas Priscilla, Ana Paula, Evelyn e Luiza
Na chegada no dia 07/12, às jovens e as formadoras foram acolhidas pela Comunidade Betânia. Na manhã do dia 8/12 as formandas conheceram e enfrentaram o trânsito e o metrô da cidade de São Paulo, saindo da zona leste em direção a zona sul, para visitar e passar o dia com as irmãs da Comunidade N. Senhora do Perpétuo Socorro, e aproveitando para conhecer o Projeto Antônia- A Luta de Cada Mulher.
Formandas e Irmas da Comunidade Betânia
O dia 09 foi um dia dedicado à convivência com as Irmãs da Comunidade Betânia, iniciado com uma significativa oração comunitária preparada pelas Irmãs deste tempo de advento; depois aproveitaram o tempo livre para conhecer o SAV (Serviço de Animação Vocacional). A parte da tarde foi toda dedicada à troca de experiências entre as Irmãs e formandas sobre a vida e história vocacional Oblata e finalizaram o dia com a Santa Eucaristia.


Na comunidade Betânia, as formandas trabalharam no dia 10/12 a síntese da experiência vivida no ano de 2011 na comunidade formativa e fizeram a avaliação anual, contando com a contribuição de Ir. Ivoni Grando. 


No final do dia visitaram as irmãs da Comunidade Nossa Senhora Aparecida, onde partilharam um momento orante, onde fizeram memória de uma história vivenciada por muitos anos na Congregação, começada por Madre Antonia; “Na época do Natal escondiam o menino Jesus durante uma celebração natalina, e as jovens formandas saíam à procura pela casa; aquela que encontrasse, ficaria cuidando do menino Jesus por um ano e no próximo natal será escondido novamente. 





Com isso a madre fundadora queria ensinar a experiência do cuidado, da preservação da história e do 
desapego.” Quem encontrou o menino Jesus foi a Postulante Evelyn, e o dia foi encerrado com uma saborosa pizza.

Finalizando estes dias de convivência, as jovens foram no domingo dia 11, conhecer o Noviciado Santíssimo Redentor, onde prepararam juntas com as Irmãs um delicioso almoço, e para terminar foram passear no parque e conhecer a decoração natalina da Avenida Paulista.


A aspirante Priscilla Fernandes relata como foi esta experiência com as Irmãs:

Formandas e Paula do SAV Oblata
"A começar pela acolhida de cada comunidade, obrigada a todas foi extraordinário. Consegui, perceber a importância da vida fraterna, no gesto das Irmãs, no cuidado, atenção é algo que vem de dentro. Nas partilhas do dia a dia, na convivência entre uma conversa e outra,como aprendi com as atitudes delas. Me fez também parar e olhar para dentro.


Celebração com as Irmãs da Comunidade
 Nsa  Sra. Aparecida
Particularmente, eu gosto muito de ouvir, principalmente experiências daquelas que já passaram por tudo que estou passando, aprender com cada uma. Estar com elas foi olhar e ver a alegria de ser Oblata, isto é fascinante. Renova a minha busca,mantém-me perseverante no caminho. Sabendo que as dificuldades existirão, mas que a confiança em Deus vai além. 

Formandas e Irmã Lúcia da Comunidade
Nsa Sra Perpétuo Socorro
Duas palavras que ouvi lá e que levarei comigo em especial nessas férias: Perseverança e Oração. Onde falavam, sem oração não existe vocação. A oração é a nossa base,nosso fundamento e o nosso sustento.

Obrigada a cada Irmã, que fez a diferença nesses poucos dias que passamos em SP, mas que valeu muito a pena.”
Formadoras e Formandas com as Irmãs
da Comunidade do Noviciado
Formandas conhecendo a decoração Natalina de SP

Encerramento das atividades em Betânia

Depois de um ano repleto de reuniões, encontros e atividades, a comunidade Betânia encerra o ano com uma  celebração de Natal com as Irmãs e os Funcionários.  Isis Rabelo, funcionária da comunidade Betânia, relata como foi este momento.

Funcionários e Irmãs

"Foi realizada na comunidade Betânia-SP, uma confraternização, momento de muita reflexão, oração, amor, companheirismo e união entre nós funcionários, que aprendemos todos os dias com as Irmãs.
Compreendemos em poucos minutos a importância que o Menino Jesus teve e continua tendo em nossas vidas, e que muitas vezes não valorizamos e não o reconhecemos como merece.

Momento de oração com Irmãs e funcionários
Depois da reflexão sobre o poder e o valor de Jesus em nossas vidas, agradecemos por mais um ano de felicidades, conquistas, fé e força, para continuarmos seguindo em frente mesmo encontrando  obstáculos, mas sempre felizes e confiantes, pois temos um Deus grandioso ao nosso lado.
Para finalizar este momento de harmonia entre todos, fizemos um pequeno e saboroso lanche.

E assim celebramos o final de mais um ano juntos, com a chegada do Menino Jesus, acompanhado de muito amor e esperança para o nosso mundo."


Irmãs e funcionários da Comunidade Betânia -SP

Natal em Nazaré

Como nos últimos anos, no mês de dezembro e próximo do Natal, organizamos uma confraternização que damos o nome de “NATAL EM NAZARÉ”. Reúnem-se as irmãs, marias, funcionári@s, técnicas de enfermagem e familiares que podem estar presentes.

Este ano aconteceu na sexta-feira, dia 16 de dezembro e foi uma tarde de muita, muita alegria, bem no clima da celebração da chegada do Menino Deus e além do grupo costumeiro, contamos com a presença da Ir. Roseli, das aspirantes Luiza e Priscilla, que veio acompanhada de D. Tânia, sua mãe.




Começamos na entrada da casa com uma celebração intercalada com diversas músicas cantadas por Jéssicalene, acompanhada ao violão pelo Jorge, ambos nossos funcionários.

Jorge e Jéssicalene animaram
 a celebração com belos cantos

Depois fomos caminhando para o refeitório “batendo o sino pequenino, o sino de Belém...” para começar um momento muito divertido com dinâmicas e brincadeiras que envolveram @s presentes!

A alegria era geral e durante os comes e bebes que deu continuidade ao momento recreativo, @s funcionári@s quiseram tirar uma foto daquelas “bem espontâneas”!!!!!


Afinal elas e ele é que prepararam e animaram a festa, ficando as irmãs por conta do momento de oração!


Ir. Gregória partilha e se alegra com as aspirantes, afinal vida e entrega é que não falta para a nossa irmã! E vejam como as aspirantes prestam atenção e saboreiam da riqueza que é a pessoa de Ir. Gregória e seus 71 anos de Vida Religiosa Oblata.


Luiza, Priscilla, Ir. Beatriz e D. Tania fazem pose para a câmara de Ir. Roseli que está sempre pronta para sacramentar momentos importantes como a confraternização de Natal em Nazaré.


quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Retiro “A palavra como caminho de humanização”

Formandas e Formadoras Oblatas de Belo Horizonte participaram nos dias 25/26 e 27 de novembro do retiro “A palavra como caminho de humanização”, com a Assessoria de Pe Marcelo Sacramentino. Dias de reflexão, oração e silêncio.


A Postulante Ana Paula de Assis, apresenta-nos em forma de poesia o tema e um pouco da experiência deste retiro.
As Formandas do Postulantado Evelyn
e Ana Paula e a Formadora Ir. Sirley



“Palavras não ditas, são palavras cortantes...
São palavras que conduz a dor,
Tristeza , vazio, solidão...
Palavras que não foram ditas
na solidão de uma noite fria...
Na manhã de primavera,
Nem na tarde ensolarada de verão.
Essas mesmas palavras não vieram
no momento daquela discussão
E ficaram no silêncio do nosso coração.
Palavras que também não fizeram
Parte da alegria em celebrar as pequenas
Conquistas do nosso dia a dia.
Enfim, palavras não ditas podem não gerar vida...
Palavras não ditas podem ser benditas
Mas também malditas.”



Reunião da União Internacional das Superioras Gerais (UISG) em Aparecida-SP

Pela primeira vez, o Brasil sediou um encontro das Superioras Gerais de todo o mundo, promovido pela União Internacional das Superioras Gerais (UISG) dos dias 27 de novembro e 4 de dezembro.


Foi a REUNIÃO DO CONSELHO DE DELEGADAS, representando as mais de 2.000 Superioras Gerais, de todo o mundo. Teve como tema ‘Identidade da Vida Religiosa’.


No dia 02 de dezembro o Conselho de Delegadas contou com a partilha e participação d a vida religiosa Consagrada do Brasil. Onde se partilhou  um pouco da história da UISG e refletiu-se sobre a vida religiosa na América Latina, e  foram apresentadas algumas experiências intercongregacionais: Amazônia, Vila Prudente e Haiti e o projeto da Rede “Um grito pela vida”.



Encenação de venda e Tráfico de Pessoas
O Conselho Provincial e Ir. Roseli estiveram participando neste dia, onde Ir. Roseli, integrante da coordenação nacional da Rede Um grito pela vida,  Ir. Guadalupe e Ir. Nalzira, também da rede, depois de uma encenação   apresentaram as ações desenvolvidas, nos 16 regionais onde se tem núcleos organizados. Também aproveitaram para ficar um tempo a mais no Santuário da Mãe Aparecida.


Irmãs Oblatas aos pés da Mãe Aparecida
Irmãs Oblatas

Dezembro – É Natal! Festa de luz! Festa de Jesus!

Com a chegada do final de ano, o nosso coração começa a vibrar com o ambiente litúrgico do Advento, luzes iluminando as cidades anunciando a chegada do aniversariante Jesus! 

Dia 03 de dezembro, as irmãs da comunidade Santíssimo Redentor - Maria Helena, Alejandra e sua mãe Tobita, Ir. Lucia Alves da comunidade Perpétuo Socorro, Ir. Roseli da comunidade Nsa Sra Aparecida, com sua irmã Maria José, foram participar da inauguração da árvore de Natal do Ibirapuera, e assistir a apresentação da fonte luminosa  no lago do Parque  Ibirapuera.

Maria, Ir. Maria Helena, Sra Tobita e Ir Alejandra
Irmãs Roseli, Alejandra, Lúcia, Maria Helena e Sra Tobita
Árvores Iluminadas dentro do Parque do Ibirapuera
Inauguração da  árvore de Natal do Ibirapuera
Árvore de Natal do Ibirapuera 2011

Curso sobre a "Maturidade na Experiência de Deus"

No último dia 29 de novembro, deu-se o encerramento das aulas do Curso sobre a MATURIDADE NA EXPERIENCIA DE DEUS com o Doutor em Teologia e Antroplogia, Pe. Alfonso Garcia Rubio.

O conteúdo do mesmo versou sobre como podemos nos ajudar no amadurecimento da experiencia de Deus tendo como texto básico o livro de sua autoria "A caminho da maturidade na experiência de Deus" publicado pelas Paulinas, além de uma apostila sobre o mesmo tema.

Irmãs Terezinha, Assunción, Beatriz e Pe. Alfonso 

As aulas eram ministradas nas noites de terça-feira desde uma abordagem psicológica e antropológica
apresentada de um jeito profundo e divertido, próprio do Pe. Alfonso, mas que nos ajudou a rever nossas imagens de Deus e a entender porque muitas vezes não amadurecemos na nossa experiência de relacionamento com o Senhor na oração e na vida.

Nesse dia, além da aula, teve um lanche gostoso que reuniu as alunas e alunos, dando encerramento do curso neste ano. 



Oficina da Memória com as Irmãs de Nazaré -RJ

A comunidade Nazaré- RJ, começa o mês de dezembro com muitas atividades!
Irmã Beatriz relata as atividades feitas na Oficina da Memória do dia 1º de dezembro.

"A aula desta quinta-feira começou com números e com a equipe nos animando a que devemos estar ligadas aos números porque eles estão muito presentes na nossa vida. Fomos lembrando a presença deles relatando uma série de situações como a hora que acordamos, o pagamento que fazemos, o troco que recebemos, o tempo de duração da aula, enfim realmente os números fazem parte do nosso cotidiano!




A partir daí fizemos vários cálculos de cabeça somando e subtraindo, seguido de um desafio que nos convidava a fazer 'o próximo cálculo de cabeça com rapidez!' e cá entre nós, ninguém acertou!

O tema que se seguiu foi sobre Mudança e a pergunta era:




Perguntaram-nos: vale a pena mudança?


- no quarto.
- na maneira de pensar.
- dos nossos horários.
- das nossas condutas de relação.
- de mentalidade...

Nós precisamos nos adaptar às mudanças próprias da vida!
A própria espécie humana foi se adaptando às mudanças! E quando não se muda, por falta de adaptação, se pode morrer...

Falando sobre mudanças lembrou-se de Darwin e a Teoria da evolução das espécies: as espécies que se adaptam são as que sobrevivem, lembrando o exemplo das Girafas que por gerações, tiveram que esticar o pescoço na busca de alimento.

É ele quem afirma em 11 de janeiro de 1844, em carta ao amigo e botânico John Dalton Hooker, "confessando" antecipadamente sua conclusão de "A Origem das Espécies", conclusão essa que contradizia toda sua pesquisa inicial:

"Eu estou quase convencido de que (completamente contrário à opinião de quando comecei) as espécies não são imutáveis."


A esse processo Darwin deu o nome de seleção natural: os mais adaptados às condições
do meio ambiente sobrevivem e se reproduzem e a cada geração os que se reproduzem
são, preferencialmente, aqueles que possuem melhores condições de adaptação ao meio ambiente.

Continuamos com o tema conversando e refletindo a partir de algumas afirmações:

“Não pode haver transformação das trevas em luz e da apatia em movimento sem emoção”
(Carl Jung)

Uma Irmã colocou também a importância do esforço que é necessário para a mudança, mas na verdade é o afeto que mexe conosco por dentro e nos mobiliza para uma real mudança!
Consciente ou não a mudança está acontecendo! Mas a pergunta fundamental é:

Estamos mudando em que direção?

Essa pergunta é importantíssima nesta fase da vida porque é mais fácil “seguir a boiada”! Dá para entender, não é?

“O homem não é a criatura das circunstâncias; as circunstâncias é que são criaturas do homem.”
                                                                       (Benjamin Disraeli)


Boa parte da nossa vida está em nossas mãos. Nós construímos as circunstâncias e por mais que elas sejam adversas, nós podemos reverter as circunstâncias!
Porque não usar a força em busca da mudança, da mudança do dia-a-dia da vida da gente? Porque não tomar decisões consultando profundamente a nós mesmas!

“Ou nós encontramos um caminho, ou abrimos um.” (Aníbal)

“É nos momentos de decisão que o seu destino é traçado.” (Anthony Robbins)

Depois do intervalo lemos o Autoretrato de Graciliano Ramos

E em seguida, inspiradas no seu estilo de escrever, cada uma de nós foi redigindo o seu autoretrato.
E ao final desta aula, que é a última do ano, fomos convidadas a numa palavra dizer o que significou os encontros semanais da Oficina da Memória para a nossa comunidade. Foi mais um momento de reconhecer como a experiência que estamos fazendo vem nos ajudando pessoalmente e na relação entre nós, irmãs e marias, animando a todas nós a envelhecer com graça, aproveitando esta fase da vida para não parar de crescer e desenvolver todas as potencialidades que temos, descobrindo as muitas vantagens do envelhecimento.